Comunicação interna em tempos de isolamento social

Comunicação interna em tempos de isolamento social

O mundo enfrenta novos desafios, e as organizações não são exceção. Estas, mais do que nunca, veem-se obrigadas a reconstruir uma estratégia já antes delineada e seguida por todos, por forma a fazer face aos obstáculos que surgem como consequência da situação instável em que vivemos. Depararam-se com projetos parados, contratos cancelados, faturações pendentes e colaboradores a serem obrigados a permanecerem em casa por um bem maior.

Com a chegada desta nova realidade, foi necessário alterar estratégias e processos, redefinir objetivos e metas e ponderar prioridades. A superação de todos estes novos desafios, que surgem diariamente, reflete-se na maior ou menor capacidade das organizações se adaptarem, quer ao mercado em que estão inseridas, quer internamente.

O teletrabalho tornou-se rotina para a maior parte dos colaboradores, estando agora as organizações sediadas na casa de cada um de nós. Foi exigida uma rápida adaptação das empresas e dos colaboradores e, neste contexto, a comunicação interna e a sua eficácia revela-se, uma vez mais, como uma ferramenta essencial. A clareza na atribuição de funções, a agilidade das atividades, o entendimento dos colaboradores acerca das novas estratégias, metas e objetivos da organização bem como a transparência nas informações transmitidas são competências que uma empresa deverá ver reforçadas na gestão de qualquer crise.

A par de todos estes novos desafios, as organizações deverão ser capazes de transmitir com clareza o plano de contingência que seguem bem como as principais recomendações da Direção Geral de Saúde, demonstrando assim aos seus colaboradores que existe uma preocupação genuína com a sua saúde e o seu bem-estar. Mostrar de forma clara os impactos da pandemia nos resultados da empresa é igualmente importante, transmitindo um sentimento de verdade e transparência numa altura em que as incertezas são muitas. Será assim possível que os colaboradores se sintam motivados e engaged para com as suas organizações.

Neste contexto, a GET Consulting acredita que a comunicação interna e a satisfação dos seus colaboradores para com ela são uns dos principais focos, especialmente num período tão conturbado como aquele que atravessamos. É fundamental que todos se sintam apoiados, ouvidos e integrados nos novos desafios que são apresentados, com um propósito maior comum – sair desta crise global com o menor dano possível e, no final do dia, olhar para os resultados alcançados como os resultados de todos.

Joana Biscaia Rodrigues, Management Analyst
Cláudia Simões Santos, Managing & HR Partner