LMS: Dicas para decidir

LMS: Dicas para decidir

Nos últimos tempos, muitos de nós transformámos as nossas casas em escritórios. Reinventaram-se métodos, estratégias, relações de trabalho e até negócios inteiros! Fechados em casa, abrimos portas a uma nova realidade laboral: uma “nova normalidade”.

Neste contexto, o online depressa substituiu o presencial e, no caso da formação, os LMS (Learning Management Systems), afirmaram-se como as melhores ferramentas para adquirir conhecimento e aumentar capacidades online.

No entanto, no momento de escolher um LMS, deparamo-nos com um variado número de plataformas disponíveis no mercado. Sabe qual a melhor opção para o seu caso específico? Para o ajudar nessa decisão, deixamos-lhe aqui algumas dicas e fatores a ponderar:

1. A que tipo de público se destina?

Saber a que público se destina a formação, contribui bastante para esta decisão. Se for um público mais jovem, à partida mais ambientado com as novas tecnologias, poderá ser utilizada uma plataforma mais sofisticada, com maior nível de complexidade. Se, pelo contrário, o público-alvo não dominar estas tecnologias, deverá ser utilizada uma plataforma mais simples e de fácil acesso. Determinado o público alvo, poderá eliminar algumas plataformas da lista de possíveis LMS a utilizar.

2. Características de socialização

A aprendizagem é, entre muitas outras coisas, uma atividade social: aprendemos uns com os outros, seja com professores, com colegas ou com amigos. Assim, poderá também equacionar este tópico na busca de um LMS, adequando-o às suas necessidades. É importante verificar que tipo de caraterísticas de socialização a plataforma oferece e se são de fácil utilização: se tem chats e fóruns fluentes e interativos que permitem contacto direto com professores e colegas, ou desafios e trabalhos em grupos, que estimulam a partilha de conhecimento e experiências, entre outros.

3. Interação Intuitiva

Esta característica é fundamental para o sucesso de uma formação online, pois vai definir todo o desenrolar da própria formação. Como se pode fazer um exercício ou responder a um desafio se não conseguimos sequer encontrá-lo na plataforma? Uma interação intuitiva, vai, não só facilitar a navegação dentro da plataforma, como poderá cativar os formandos a interagir com ela, especialmente se não estiverem muito à vontade com as tecnologias.

4. Gestão da formação

Tal como acontece numa formação convencional, é necessário existir uma boa gestão da formação online, para podermos obter os melhores resultados. No momento de escolher um LMS, é importante verificar este aspeto. Há plataformas que fazem a gestão de forma automática, mas isso poderá não agradar a todos, pois certos parâmetros podem não estar de acordo com o que é pretendido.

Acreditamos que com estas considerações, será mais fácil fazer a sua escolha. Convém ainda referir que igualmente importante é o conhecimento das técnicas de utilização destas plataformas e das suas funcionalidades. Nos últimos meses, a GET Consulting tem desenvolvido métodos e ferramentas que contribuem para um melhor desenvolvimento e gestão de cursos e formações à distância, garantindo um melhor aproveitamento dos LMS e da modalidade online de formação, e contribuindo para a produtividade das empresas e da economia em geral, no contexto particularmente desafiante em que vivemos.

Miguel Filipe Velez, Training Consultant
Ricardo Simões Santos, Managing Partner